Capsule Wardrobe | Spring – Summer 2015

Unknown-4

(Scroll Down for English Version)

Já alguém se viu na situação de ter um roupeiro cheio de roupa e não saber o que vestir? Já descobriram, peças de roupa, compradas há anos, e ainda com a etiqueta? Eu já! E fico irritada e até triste com a perda de tempo e com o desperdício de dinheiro e energia.

Lembro-me de, nos primeiros anos a seguir a começar a trabalhar, estudar as colecções que saíam e escolher criteriosamente as peças que comprava de forma a respeitar um orçamento. Tudo tinha de dar com tudo, permitindo uma série de combinações que iludiam o tamanho reduzido do guarda roupa.

Depois, já com mais disponibilidade financeira, comecei a comprar mais, mas nem sempre melhor, e recordo com alguma saudade esses tempos passados em que menos, na verdade, era mais. Assim, quando comecei a ler aqui e ali sobre os desafios dos Capsule Wordrobes, lembrei-me da satisfação que me dava criar o melhor figurino para cada estação, do que facilitava na escolha da roupa para cada dia e da forma como me permitia gerir eficazmente um orçamento limitado.

Unknown-2

Vou partilhar aqui as minhas escolhas para a Primavera – Verão 2015 e falar mais um pouco sobre este conceito. Perguntarão algumas: Mas o que é isso de um Guarda-roupa Cápsula? De forma simples, é um guarda-roupa sazonal, com poucas (cerca de 30) peças, que devem ser versáteis, combinar entre si, e que, acima de tudo, lhe devem assentar bem e fazer sentir-se bem.

A escolha do tema, tipo de peças e paleta terá tudo a ver com os gostos de cada um, as actividades em que está envolvido no seu dia a dia, a idade e a constituição física. No entanto, antes de começar a reunir as peças do seu novo guarda-roupa estas são escolhas que terá de fazer. Passeie pelas lojas, visite os sites das suas marcas preferidas, folheie algumas revistas e as ideias vão começar a formar-se.

Unknown-1

Ao escolher a paleta de cor lembre-se que para garantir a versatilidade das peças e maximizar as combinações possíveis para os seus outfits deve apostar nas peças básicas em tons neutros (o branco, o cru, o negro, o navy, o castanho e os cinzas são neutros, assim como o jeans), e em algumas cores (de preferência que combinem entre si) para dar notas de destaque. Os padrões não devem ser muito diversificados porque limitam as combinações. Este ano a listras estão em moda e funcionam quase como um liso. Pode também jogar com as texturas e com algumas peças mais originais como forma de enriquecer o guarda-roupa.

Já criou um conceito, está na hora de escolher as peças. Para muitas, um guarda roupa com cerca de trinta peças vai implicar um downsize da colecção que têm disponível, mas não se esqueçam, neste caso Less is More! Trinta peças bem escolhidas vão permitir muito mais combinações do que cinquenta desirmanadas. Para que isso seja possível, ao escolherem uma peça de roupa têm de garantir que ela, juntando com outras, é capaz de entrar em três outfits diferentes. Não dá? Está fora!

Unknown-3

Antes de sairem para as lojas numa loucura de compras, vão ao vosso roupeiro e procurem entre as colecções passadas, aquelas peças que tanto gostam, que se integram no vosso conceito, que estão em bom estado e que vos ficam bem. Vão ver que vão encontrar alguns tesouros de que até talvez já não se lembravam. Comprar menos peças permite investir em qualidade, e se formos capaz de reciclar algumas roupas de anos anteriores melhor ainda.

O guarda roupa deve incluir Partes de Cima (Blusas / Camisas / T-shirts), Partes de Baixo (Calças / Saias / Calções), Vestidos, Casacos e Sapatos. Roupa de desporto, de dormir e de praia não conta.

Unknown

(English Version)

Has anyone found herself in the situation of having a full wardrobe of clothes and not know what to wear? Have discovered, clothes, bought for years, still with the label? I have! And I’m annoyed and even saddened by the loss of time and waste of money and energy.

I remember in the early years after starting to work, I would study collections coming out and carefully choose the what to by in order to respect a budget. Everything had to match with everything else, allowing a number of combinations that eluded the small size of the wardrobe.

Then, as my bank account grow, I began to buy more, but not always better, and I recall with some nostalgia those times past where less actually was more. So when I started reading here and there about the  Capsule Wardrobe challenges, I remembered the pleasure I have creating the best collection for each season, which facilitated the choice of clothing for each day and the way it allowed me to effectively manage a limited budget.

I will share here my choices for Spring – Summer 2015 and talk a bit more about this concept. Some will ask: But what is it a capsule wardrobe? Simply put, it is a seasonal wardrobe, with few (about 30) pieces, which must be versatile, combining with each other, and above all, they must fit you and make you feel good.

The choice of theme, type of pieces and palette is function of  your preferences, of  the activities you are involved in your day to day, your age and physical constitution. However, before starting to assemble the pieces of your new wardrobe these are choices that have to do. Stroll through the shops, visit the websites of your favorite brands, look at magazines and some ideas will surely start to form.

When choosing the color palette remember that to ensure the versatility of the pieces you chose and maximize the possible combinations for their outfits, you  should focus on basic pieces in neutral colors (white, raw, black, navy, brown and grays are neutral,so is jeans), and add some color (preferably combining to each other) to highlight notes. Patterns  should not be diversified because they limit combinations. This year the stripes are in fashion and function almost as a neutral. You can also play with the textures and with some statement  pieces to enrich the wardrobe.

Already have a concept of your capsule, it’s time to choose the pieces. For many, a wardrobe with about thirty pieces will entail the downsize of the collection that you are used to have, but do not forget, in this case Less is More! Thirty well-chosen pieces will allow more combinations than fifty unpaired. For this to be possible, by choosing a piece of clothing you have to ensure that, along with others, it is able to get in three different outfits. Does not? It is out!

Before leaving for the shops in a shopping spree, go to your closet and look from past collections, those pieces that you are so fond of, that integrate in your concept, that are in good condition and that make you look good. You will see that you will find some treasures that perhaps you no longer remembered. To buy fewer pieces of cloth allows you to invest in quality, and if we are able to recycle clothes from some previous years  even better.

The wardrobe should include Upper Parts (blouses / shirts / T-shirts) Bottoms (Pants / Skirts / Shorts), dresses, coats and shoes. Sportswear, sleeping wear and beachwear does not count.

(This post participates on Not Dead Yet Style’s Visible Monday)

Advertisements
Capsule Wardrobe | Spring – Summer 2015

2 thoughts on “Capsule Wardrobe | Spring – Summer 2015

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s